Biografia: David Bowie

David Robert Jones começou a se identificar com a música quando tinha 13 anos, aprendendo a tocar saxofone enquanto cursava a Escola Técnica Bromley; um evento curioso ocorreu nesta escola, quando sua pupila esquerda ficou permanentemente dilatada após uma briga. Após sua graduação, aos 16 anos, ele trabalhou tocando saxofone em diversas pequenas bandas, incluindo King Bees, Manish Boys e Davey Jones & Lower Third. Ele trocou seu nome para David Bowie em 1966 depois que o líder do grupo "The Monkees", Davy Jones, começou a ficar famoso internacionalmente. Em 1966, ele gravou três músicas através da Pye Records, as quais foram todas ignoradas pelo público. No ano seguinte, ele assinou com Deram, a regravação de um album. Depois disso ele passou muitas semanas se dedicando ao Monastério Budista. Ao deixar o monastério, estudou mímica com o grupo de Lindsay Kemp's, formando sua própria companhia de mímica, "Feathers", em 1969. "Feathers" durou pouco, e ele formou o grupo experimental de arte "Beckenham Arts Lab" no mesmo ano. Bowie precisou financiar a "Arts Lab", então ele assinou contrato com a Mercury Records e naquele ano gravou "Man of Words, Man of Music", uma música que futuramente seria chamada de "Space Oddity". Essa música foi gravada num album simples e se tornou o maior sucesso nos Estados Unidos convencendo Bowie a se concentrar em músicas. Com seu velho amigo Marc Bolan, ele passou a apresentar mímicas em alguns concertos e, eventualmente acompanhando Bolan nos tours, com o baxista/produtor Tony Visconti, o guitarista Mick Ronson e o baterista Hype. A banda se separou rapidamente, mas Bowie e Ronson permaneceram juntos, trabalhando num novo album, "The Man Who Sold the World", recrutando Michael "Woody" Woodmansey como baterista. Produzido por Tony Visconti, que também tocou baixo, "The Man Who Sold the World" foi um álbum de rock que não chamou muita atenção. Bowie lançou em 1971 o álbum pop-rock "Hunky Dory", gravado com Ronson e o tecladista Rick Wakeman. Após "Hunky Dory", Bowie começou a desenvolver seu mais famoso personagem, Ziggy Stardust — um androgeno, bisexual e extraterrestre astro do rock. Antes de lançar Ziggy, Bowie declarou numa entrevista para "Melody Maker" que ele era gay, ajudando a chamar a atenção para seu 4o album. Bowie pintou seu cabelo de laranja e começou a vestir roupas femininas. Ele começou a chamar a si próprio de Ziggy Stardust, e sua banda de Spiders from Mars. "Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars" foi lançado com muita fanfarra na Inglaterra em 1972. O álbum foi uma sensação na Inglaterra, e ajudou-o a encontrar seu espaço também na América. Ziggy Stardust começou a ficar famoso nos Estados Unidos, e a música "Space Oddity" foi incluída entre as 20 melhores da parada americana. Bowie trocou Ziggy por Aladdin Sane em 1973. Não apenas gravou um novo álbum neste ano, mas também produziu o álbum de Lou Reed - "Transformer". Bowie teve muito trabalho em 1972 e 1973. Gravou o álbum "Pin-Ups" com a banda "Spiders from Mars", e ixperadamente anunciou que a banda seria desfeita e ele encerraria suas apresentações ao vivo. O álbum "Diamond Dogs" foi lançado em 1974, e a música "Rebel Rebel" sustentou o expensivo tour americano. O guitarrista Carlos Alomar era o líder de sua nova banda. Bowie passou a usar roupas sofisticadas e de estilo moderno. A mudança foi uma surpresa para os fãs, e o álbum duplo "David Live", foi gravado durante o tour de 1974. "Young Americans", gravado em 1975, foi um grande sucesso na lista das dez mais americana com a música "Fame," escrita em parceria com John Lennon e Alomar. Bowie mudou-se para Los Angeles, onde gravou seu primeiro filme "The Man Who Fell to Earth" (1976). Ainda em L.A., ele gravou "Station to Station", que incluía a música "Golden Years." Este álbum inaugurou o estilo elegante de Bowie, o personagem "Thin White Duke," . Logo ele decidiu que não gostava de viver em L.A e voltou para a Inglaterra; Pouco tempo depois de chegar em Londres, ele teve complicações por causa das drogas e se mudou para Berlim, onde viveu e trabalhou com Brian Eno. Em Berlin, Bowie começou a pintar e estudar arte. Ele se fascinou pela música eletrônica alemã, e Eno ajudou-o com seu novo álbum "Low". Lançado em 1977, "Low" era uma mistura de sons eletrônicos, pop and técnicas "avant-garde". Foi um dos maiores albuns dos anos 70, seguido por "Heroes", no mesmo ano. Em 1977, ele gravou com Iggy Pop "The Idiot" e "Lust for Life", anônimo como tecladista da banda de Iggy. Em 1977, participou do filme "Just A Gigolo" com Marlene Dietrich and Kim Novak, e na narrativa da fábula de Eugene Ormandy's, "Peter and the Wolf". Em 1978, Bowie iniciou um tour internacional capturado no album duplo "Stage". Durante o ano de 1979, Bowie e Eno gravaram "Lodger" em Nova York, Suiça e Berlim. "Lodger" foi lançado com vários videos, uma novidade na época, como também "Scary Monsters" em 1980. Os vídeos — "DJ," "Fashion," "Ashes to Ashes" — foram sucesso na MTV. "Scary Monsters" foi o último álbum de Bowie pela RCA. Ainda em 1980, ele atuou no filme "The Elephant Man", incluindo vários shows na Broadway. Nos dois anos seguintes ele fez uma pausa na carreira, retornando numa aparição no filme "Christine F" (1982) e como um vampiro no filme "The Hunger" (Fome de Viver), retornando ao studio apenas em 1981 para uma colaboração ao Queen, "Under Pressure,". Em 1983, ele assinou um grande contrato com a EMI Records e gravou "Let's Dance". Bowie recrutou o guitarrista Nile Rodgers para produzir o album e o desconhecido Stevie Ray Vaughan como guitarrista. "Let's Dance" foi o maior sucesso, e os videos inovadores "Let's Dance" e "China Girl," que colocaram as duas músicas na lista das 10 mais. Então, Bowie realizou o tour "Serious Moonlight". Em 1984, lançou "Tonight". O álbum vendeu bem e "Blue Jean" passou a figurar na lista das 10 mais. Em 1985, gravou o dueto "Dancing in the Street" com Mick Jagger para o show "Live Aid". Ele também apareceu em diversos filmes — "Into the Night" (1985), "Absolute Beginners" (1986), "Labyrinth" (1986). Bowie retornou a gravar em 1987 o álbum "Never Let Me Down", lançado com o show "Glass Spider". Em 1989, he regravou seus sucesso da RCA com a Rykodisc, na série tripla "Sound + Vision". Bowie lançou o álbum num tour com o mesmo nome. Sound + Vision foi um sucesso. Bowie formou a banda "Tin Machine" com o guitarrista Reeves Gabrels, o baixsta Hunt Sales e o baterista Tony. Tin Machine não foi um grande sucessol. Gravaram dois álbuns, "Tin Machine I e II", em 1991, que foram completamente ignorados pelo público. Bowie retornou à carreira solo em 1993 com o sofisticado "Black Tie White Noise", album gravado com Nile Rodgers e seu permanente colaborador, Reeves Gabrels. O álbum foi gravado pela "Savage", uma subsidiária da RCA, e teve boa aceitação, embora tenha desaparecido logo. "Black Tie White Noise" foi a primeira indicação de que Bowie estava com dificuldades para ressuscitar sua carreira.Em 1994 lançou o álbum "The Buddha of Suburbia". Em 1995, com Brian Eno ele lançou Outside. Muitas críticas foram feitas a este álbum, e Bowie se lançou num tour com o grupo Nine Inch Nails para atrair uma audiência mais jovem, mas a tática falhou. Ele retornou ao estúdio em 1996, lançando Earthling, um álbum altamente influenciado pela música techno. Em 1998, Bowie, consciente das mudanças e do futuro, lançou na Internet seu próprio serviço de provedor, Bowienet. Em 1999,ele trabalhou e gravou com o grupo Placebo, gravando o álbum 'hours ...'. Este álbum tem traços similares ao do antigo Hunky Dory. Foi muito bem aceito pelo público e pela crítica, mas foi seu último trabalho com a Virgin. Em Dezembro de 2001 o cantor anunciou o lançamento de sua produtora independente, ISO. "Heathen" foi o primeiro álbum lançado pela ISO, em 2000.


Voltar