Biografia: Ratos de Porão (1981)

Em 1981, João Carlos Molina Estevez (Jão - vocais e guitarra), Jarbas Alves (Jabá -baixo) e Roberto Massetti (Betinho - bateria) formam a banda "Ratos de Porão". O primeiro registro da banda foi na coletânea "Sub", em 1982. Betinho sai do grupo em 1983. Jão passa para a bateria e entram João Francisco Benedam (Gordo - vocais) e Rinaldo Oliveira Amaral (Mingau - Guitarra). Com essa nova formação gravam o primeiro LP, "Crucificados Pelo Sistema". Em 1986 lançam "Descanse em Paz", com Nelson Onófio Evangelista Júnior (Spaghetti Junqueira - bateria) (Jão volta a guitarra e Mingau ingressa no 365). "Cada Dia Mais Sujo e Agressivo", sai em 1987 e em seguida lançam a versão em inglês, "Dirty and Aggressive". Excursionam pelo circuito underground europeu em 1989 e gravam em Berlim o disco"Brasil" que é lançado com uma segunda versão em inglês para o mercardo externo. Fazem uma nova excursão pela Europa em 1990. Nesse mesmo ano gravam "Anarkophobia". Depois do lançmento do LP, Spaghetti é substituído por Maurício lves Fernandes (Boka - bateria). Em Novembro de 1991, comemoraram dez anos de existência com um show no Aeroanta (SP). E em Abril de 1992, eles lançaram um álbum ao vivo, "RDP Ao Vivo", com músicas já conhecidas pelo público e algumas novas. O disco contou ainda com uma cover da música Work For Never do Extreme Noise Terror. Em 1993 Jabá é substuido por Bart (baixo). E com essa mudança eles gravam o disco "Just Another Crime In Massacreland". Este disco mostra que João Gordo não é um sujeito de um berro só. Detona vocais criativos, com uma surpreendente versatilidade. Depois de 2 anos sem gravar, o RxDxPx volta com toda a sua força gravando dois discos novos. Mas com uma modificação na formação, sai Bart e entra Rafael, (Pica-Pau -baixo). O primeiro disco, "Feijoada Acidente? - Nacional", homenageia as principais bandas do estilo surgidas nas décadas passadas. O disco tem covers de Inocentes, Garotos Podres, Olho Seco, entre outras. E em seguida lançam o "Feijoada Acidente - Internacional", este disco conta com covers de bandas gringas desde Dead Kenedys a GBH. Em 1997 RxDxPx lança seu 10º CD, com nenhuma novidade na formação: "Carniceria Tropical" o mais "agressivo e brutal" da carreira da banda, segundo o próprio Gordo. Em dezembro de 1997, o baixista Pica-Pau, diz que perdeu a vontade de tocar e pede para sair da banda para seguir a carreira de tatuador, mas volta semanas depois dizendo que estava arrependido do que fez. Agora o baixo está nas mãos de Cristiam Wilson (Fralda), ex Blind Pigs. Lançam em 1999 o CD "Guerra Civil Canibal". Com bons músicos a banda Ratos de Porão está bem composta, começando por João Gordo, passando por o velho de guerra Jão e Boka e chegando no novato mas competente Fralda.


Voltar