Biografia: Louis Antoine de Saint-Just (1767 - 1794)

Era um dos mais jovens e radicais componentes do Comitê de Salvação Pública. Pela sua capacidade de trabalho e rigor, desempenhou funções de primeira importância junto às Forças Armadas. Implacável contra os indulgentes e os hebertistas, acompanha Robespierre ao cadafalso em 10 do Thermidor. "Aquele que se revela inimigo do seu país não pode ser nele proprietário". Assim Saint-Just defende a aprovação do decreto de 3 de março de 1794, pelo qual os bens dos contra-revolucionários devem ser transferidos para os patriotas indigentes; em 11 de maio de 1794, após a liquidação de Danton e Hebert, ajuda a criar o Livro da Beneficência Nacional, que garante aos camponeses pensões de aposentadoria para os velhos e enfemos, abonos para as mães e as viúvas carregadas de filhos e assistência médica gratuita a domicílio. Essas medidas são esquecidas após o retorno da burguesia ao poder. No golpe de "9 do Thermidor", é preso e levado à prefeitura de Paris; compreendendo sem ilusões o que lhe restava, deixou-se guilhotinar sem dizer uma palavra.



Voltar