Bandas Novas: Entrevistas: Dead Street
Por Bruno Feijão Genaro
O Dead Street é uma banda nova, fale um pouco de sua origem...
Somos uma banda que iniciou no começo de 2002 na Zona Sul de SP, pra ser mais preciso no Jd. Noronha...
Qual é a proposta da banda?
Nossa proposta é passar para as pessoas em nossas letras que também podemos ajudar a mudar não só a nossa cidade ou o nosso estado, mas também podemos mudar o país de uma forma clara e objetiva.
Como se define o estilo musical do Dead Street?
Cara eu não defino o estilo do Dead Street, alguns dizem que é Hardcore, outros dizem que é Punk Rock, pra mim cara é Rock
Alguma influência específica?
Influências... cada um na banda tem a sua específica... mas a minha é Ramones, gostamos muitíssimo de bandas como Street Bulldogs, Nitrominds, Dead Fish e etc... mas damos muito valor a bandas novas assim como nós.. é o caso do Gardenial, Kacttus, Autônomos e tal..
Como é ser uma banda nova, ou seja, independente hoje no Brasil?
Hoje o acesso a informação, a contatos é mais fácil. A própria Internet propicia com que as pessoas se comuniquem rápida e eficazmente. Também, como eu já disse antes, gravar ficou mais fácil e conseqüentemente troca de material etc. É ótimo que isso acontece. Agora sobre crescer. Crescer quanto? Isso depende muito do que a banda almeja. Nós tocamos porque gostamos e porque assim podemos expressar nossos sentimentos e idéias.
Que opinião vocês tem sobre mp3, e a ajuda que a internet traz na divulgação das novas bandas?
Ajuda muito cara... nós que somos independentes, não estamos interessados em vender milhões de cópias de um cd e tal... Agente está interessado em simplesmente divulgar o nosso trabalho seja aonde for... na minha opinião ajuda muito cara...
Quais foram os shows mais foda do Dead Street?
Putz cara... teve alguns por aí.. (rsrs)... Mas tocar no Hangar 110 foi o auge cara, isso foi ano passado, teve também um no Outs também ano passado que gostei muito...
O que o Dead Street já produziu? Cd, clipe? Fale um pouco dos trabalhos da banda...
Cara, até agora só conseguimos lançar uma demo sem apoio nenhum... mas estamos entrando em estúdio logo mais pra gravar um totalmente novo e diferente, acho que final de Março ou começo de Abril começamos as gravações.
Quais as maiores conquistas que você realizou com o Dead Street?
Particularmente só de ta tocando com eles já é uma puta conquista cara, tocar em lugares como Hangar 110, e também no final do mês estamos entrando em estúdio pra gravar, tudo isso pra mim é uma puta conquista.
E quais as maiores dificuldades?
Foram várias caras, mas uma das maiores dificuldades que passamos, sem dúvida foi o tempo que estávamos totalmente sem vontade de crescer, e aí todos entraram num acordo e o baterista (Pink) saiu da banda. Acho que isso foi foda pra nós cara.
Em relação a letras, quem as escreve? O que vocês querem passar nas letras?
Quem escreve a maior parte das letras é o Fabio, mas o que tentamos passar para as pessoas que escutam é que nunca desistam de lutar por um país mais justo e democrático e que nunca desistam de correr atrás do que querem realmente.
O que vocês acham da cena independente no Brasil?
A cena ta crescendo cada vez mais cara, e isso é muito bom, muita banda nova surgindo e muita banda antiga aparecendo agora, isso é muito bom pra todos nós cara. Apesar das dificuldades, é muito bom ser independente.
Vocês irão gravar este ano? E em relação a shows, fale sobre os próximos...
Sim, estamos entrando em estúdio agora no final do mês de Março pra gravar e vamos tentar lançar até o final de Junho, em relação aos shows agente vai tocar dia 26 em Diadema c/ o Atrack (RS), dia 27 no Magic Bus c/ o Kacttus e dia 03 no Hangar 110 c/ o Fistt, Gardenial, Autônomos, Kacttus no evento que estamos todos promovendo o "I CONSCIÊNCIA ROCK". Depois disso vamos agendar mais alguns até o lançamento do cd e depois do meio do ano acho que iremos pro Rio Grande do Sul fazer uns shows la e outras cidades de SP também.
Fale um pouco do "I Consciencia rock"...
O "I CONSCIÊNCIA ROCK" é um evento que estamos promovendo em prol da Casa Filadélfia, essa é uma casa aonde abriga crianças portadoras do vírus do HIV e toda renda arrecadada no dia 03/04 será revertida a essa casa, será 2R$ e + 1 kilo de alimento
Deixa uma mensagem para finalizar:
Primeiramente queria agradecer ao Zine Kaos por está dando esta oportunidade pra nós, agradecer a você (Bruno) por me aturar e estar me aturando. E queria dizer pra toda a galera que cola e que colar nos nossos shows, pra que vão pra curtir um som, e não pra agir c/atos de violência seja física ou verbal!! Paz pra todos!! um Abraço!! Até a próxima!!!

Contatos:
e-mail: bandadeadstreet@hotmail.com
Fotolog: www.fotolog.net/deadstreet


Voltar