Entrevistas: Likxxx vocalista da banda Julgamento
Por Bruno Feijão Genaro - Revisão por André Demente

Pra começar, comente como surgiu a idéia de montar a banda, quando foi formada, das mudanças de formações. Qual é a formação atual?
Eu fui convidado para montar o Julgamento pelo Martinho e o Alex, que na época representavam a nova geração do hardcore de minha cidade (Itapita/SP). Já que estava sem banda e tinha acabado de sair do Resistência 13, aceitei o desafio. No primeiro momento fiquei com pé atrás, pois tinha passado por duas bandas onde me dediquei muito. Mais eles se mostraram sérios e também com eles tinha uma liberdade maior para criar tanto na parte lírica quanto musical. Assim nós criamos uma afinidade muito grande, porque eles têm a mesma preocupação que eu em relação à postura da banda. A partir daí, nós conseguimos compor algumas músicas e logo fomos convidados para tocar. Queríamos chegar e não ser só mais uma banda. Queríamos muito mais que isso, até que tivemos uma idéia maluca! Como minha namorada na época fazia teatro, fizemos um texto provocante sobre política de cena, ensaiamos com ela e colocamos entre uma das músicas. Foi perfeito logo de primeiro momento os moleque foram respeitados e também era meu retorno ao hardcore. Depois lutamos muito para manter uma formação estável, mais a alma da banda continua aqui Alex e Martinho. Era grande luta ensaiar, só quem nos conhece sabe disso e a música foi evoluindo naturalmente! E como grande coincidência foi graças Resistência 13 entramos no cenário tocando no lugar deles em alguns shows! A resposta foi melhor do que esperávamos, aliás a gente nem acredita em tantas coisas boas que acontece com a banda praticamente dividimos o palco com todas as bandas que eu gosto! Eu lembro como se fosse hoje o e-mail que recebi convidamos para abrir para Heaven Shall Burn!!! Minha mão tremia! E atualmente chegamos numa formação ideal! Estamos com os melhores músicos da cena hardcore de Itapira! E a nossa música hoje está melhor, aumentamos nossa preocupação com ela. Novos membros são as pessoas mais velhas daqui que ajudaram construir tudo desde do começo hoje o Julgamento é a soma de tudo que foi construído aqui nesses anos todos! Composta por membros do Godzilla, Resistência 13, Edge of Thorns, Hinfamy, Active Youth, Corners Life e Alternative System. A Formação atual é eu lik no vocal, Alex também no vocal, Alcir na guitarra, Martinho no baixo, Pig na outra guitarra e o Duto na bateria. O Julgamento foi inspirado nas primeiras bandas de hardcore metal do Brasil tais como Point Of No Return, Constrito, Confronto etc... Na época todas as bandas metal tinha o nome bem forte assim como as letras.
Quais as principais influências do Julgamento?
A gente escuta muito hardcore metal desde da época das bandas new school até as de hoje dia! O Julgamento passou muitas transformações isso influiu muito em nossa música, atualmente temos influências dos riffs do Slayer, a melodia do Caliban e a agressividade e as partes moshs do Hatebreed! Acho que isso serve para situar alguém que nunca ouviu a gente.
A banda segue alguma ideologia?
O Julgamento é uma banda plural com os mais diversos pensamentos e eu acredito em muitas coisas em particular que não posso assumir como banda, por exemplo. Mais nós celebramos o respeito e amizade dentro hardcore e temos orgulho disso!
O Julgamento já tem alguma material lançado? O que está por vir ainda este ano?
Ainda não temos nada lançado. Estamos com a gravação nas mãos e foi um grande desafio para gente conseguir terminar. Passamos por muitas dificuldades durante a gravação e por este motivo este disco é muito especial para nós. Ele realmente surpreendeu até mesmo a gente, o resultado esta bem acima do que sempre sonhei!!! Em breve vamos colocar uma faixa divulgação no myspace. Estamos negociando com um selo e teremos grandes surpresas neste segundo semestre.
A cena underground/independente vem crescendo absurdamente, você acha que isso é coisa do momento "EMO"? você acha que vai passar? Você acha que esse crescimento acelerado deve ajudar O Julgamento de alguma forma?
O underground do Brasil está se estruturando ainda, vem ganhando força. Cada vez mais pessoas estão produzindo algo! Claro que isso vem acrescentar algo para minha banda! Emo é a coisa mais rídicula do rock, emo não é hardcore. O que antes era para ser uma coisa cult dentro do punk, falar sobre temas introspectivos e pessoais, virou no Brasil uma coisa horrível que chamam de emo.
Cite alguns shows marcantes e alguns que vocês tem vontade de esquecer bem rápido.
Hardcore é foda! Em qual cena ia poder conseguir tocar com todas bandas que admiro e ainda poder manter um laço de amizade com elas! Claro que tocar com Point Of No Return para mim foi muito marcante. Não tem como negar que abrir para Heaven Shall Burn também foi. Até hoje parece que foi mentira, não tenho um show que eu possa falar que quero esquecer! poderia citar muitos que foram foda.
Como é ser uma banda independente hoje no Brasil?
É amar o que você faz e acreditar nisso.
Quem escreve as letras das músicas, e quais os principais temas abordados?
Eu, Alcir e o Martinho. Temos letras políticas, pessoais, introspectivas e letras que falam sobre o que nós vivemos e tudo mais que queremos escrever! Queremos englobar tudo que aprendemos com o hardcore e devolver de alguma forma como nossa contribuição.
Tirando o Heaven Shall Burn, qual é a banda dos sonhos ao qual o Julgamento deseja abrir o show?
Sonho mesmo nosso é poder tocar na Europa como nossos amigos vem fazendo. Você disse sonho (risos)! Conhecer as pessoas, lugares e fazer amigos, isso vale aqui mesmo sendo mais real.
Deixe uma mensagem pra finalizar:
Queria agradecer a você! Pelo interesse de querer saber mais sobre O Julgamento, e que nunca pare com seu zine! Os zines foram muito importantes para mim. Um abraço para todos que estão lendo!


Contatos:
site: www.julgamento.cjb.net
myspace: www.myspace.com/julgamento
e-mail: likxxx@bol.com.br

Voltar