Entrevistas: Dark Asylum
Por Rafael - Revisão: Bruno Feijão Genaro

Na primeira formação, em março de 2003, a banda já possuía esse nome? De onde surgiu a idéia de Dark Asylum? Qual a simbologia desse nome para a banda?
Bom, em primeiro lugar, muito obrigado pelo convite para a entrevista. O nome nos acompanha desde o início. O metal é um estilo musical diferente, ele se assemelha muito a uma doença. As pessoas têm contato com a música, e algumas, especiais, se infectam, começam a viver o estilo, mudam a forma de se vestir, divertir, mas principalmente, a forma de encarar o mundo.
Para os de fora, pode parecer loucura. Mas nós, os infectados, sabemos quem é o louco nesse planeta. Para abrigar todos esses malucos, foi construída a Dark Asylum (Hospício Sombrio). Essa é nossa intenção: produzir música divertida e apaixonada, para alcançar todos os insanos que estão por aí.
Quais diferenças vocês notam entre, quando começaram e a banda agora?
Eu fundei a banda com o Jonas e o Leonardo "Babyface", em 2003. Foi um longo caminho até aqui, pois apesar da Dark Asylum ser a minha primeira banda, o projeto foi tratado com muita seriedade desde o começo. Nunca ensaiamos ou sequer pensamos na banda de forma não-profissional.
Sendo assim, foi difícil encontrar pessoas que compartilhassem esta visão. Hoje em dia, temos nossa melhor formação, tanto técnica quanto humana, com a presença do Vilmar e do Lazarus. São cinco pessoas com os mesmos objetivos, com uma visão clara do que querem. Estou muito feliz!
As três primeiras músicas da banda iniciam com a letra 'F'. Final Link, Factory of Fools e Feel The Heat. Isso é apenas uma coincidência? Se não, qual motivo dessa trilogia?
Legal tu ter percebido isto! Não, não é uma coincidência. Para iniciar os trabalhos, acabamos criando três músicas que tem a mesma temática, sobre diferentes óticas: a falta de perspectivas do homem moderno. Credito muito isto a pasteurização da vontade, com um excesso de "certos" e "errados". Não somos pretensiosos a ponto de fazer um trabalho conceitual na primeira demo, foi espontâneo. Acabei nomeando elas assim, para criar um elo.
Qual o ideal de vocês ao comporem as letras?
A única bandeira que há no nosso som é a do metal, com muito orgulho. Porém, acho que seria um desperdício poder levar algo mais para as pessoas, através de algumas idéias nas letras, e não fazê-lo. Sendo assim, componho de forma sincera, expondo um pouco do que penso sobre o mundo.
Feel the Heat fala sobre o comodismo que afeta a todos nós, Factory of Fools, sobre a exigência de haver hegemonia em nossas vontades, Final Link é uma reflexão sobre o sentido das religiões num mundo iluminado pelo conhecimento, e por aí vai. A única que difere mesmo é a Asylum's Sickness, uma singela homenagem nossa ao metal e aos headbangers.

Cite algumas bandas que influenciam ou influenciaram a Dark Asylum:
São muitas, cada um de nós traz uma bagagem diferente na sua formação, mas vamos as que são unanimidade na banda:, Memento Mori, Overkill, Testament, Control Denied, Fight, Death, At the Gates, e claro, os mestres sagrados, Slayer, Judas Priest, Whitesnake, Black Sabbath...
Vocês já participaram de alguns festivais e fizeram inúmeros shows. Quando perceberam que a banda saiu do anonimato e "a roda começou a girar"?
Não fazemos nada, nada mesmo, sem ter em mente o real motivo da banda existir: o público. Sendo assim, desde o primeiro ensaio nosso foco é o momento principal na trajetória de uma banda, tocar para as pessoas. Acho que muito da empatia que encontramos vem disto, eles vêem nos nossos olhos honestidade, fidelidade, vontade de fazer algo especial para pessoas especiais.
Por isto, nós temos um trabalho, site, shows, tudo com participação e para as pessoas que nos acompanham. Cara, na Dark Asylum, a estrela é quem está lendo isto aqui agora.
Como foi tocar no palco da maior casa de espetáculos do estado, o Bar Opinião?
Tem três coisas que ficam na tua cabeça, ao fazer um show num lugar assim: é um local aonde já assisti vários dos meus heróis tocarem, tivemos a possibilidade de tecnicamente oferecer o melhor show para as pessoas. Mas a principal é saber que, mesmo estando no começo, recebemos um apoio sensacional das pessoas, como aquela foto que está no site vem atestar. Isso te dá energia para ultrapassar qualquer obstáculo.
Qual foi o melhor e o pior show?
Tivemos sorte até hoje, não fizemos um show horrível. Claro que já erramos bastante, passamos por adversidades com a organização e as condições técnicas de alguns eventos, mas o principal, deixar a nossa marca, divertir o público, isso sempre foi alcançado. Posso te dizer então que o melhor até agora foi o último, no Dissonante, pela excelência da organização da Núcleo Produtora e energia que as pessoas nos retribuíram. E com essa formação, a certeza é de que o melhor show será sempre o próximo.
Falem um pouco sobre os planos da banda para 2006, a gravação da música "Asylum's Sickness" e algum outro projeto a ser atingido pela Dark Asylum.
Cara, 2006 será o ano que a Dark Asylum vai se tornar algo concreto para o cenário metal nacional. Até agora, tivemos uma grande aprendizagem, e chegou o momento de mostrar o nosso trabalho para as pessoas. Dia nove de janeiro iniciamos a gravação da nossa demo profissional, "Deep in the Madness", visando distribuição nacional.
A meta é popularizar a nossa estréia no cenário gaúcho, divulgar bastante nosso trabalho aqui. Até o final do ano, é capaz de lançarmos nossa segunda demo, o material já está pronto e foi testado nos shows. E claro, continuar firme apoiando a cena, fortalecendo o metal gaúcho e nacional. Sem união no underground, nenhuma banda vai chegar a lugar algum.

Mensagem para os leitores do nosso site:
Mais uma vez, muito obrigado pela oportunidade, poder espalhar o vírus entre os verdadeiros apoiadores do underground, é uma grande força. Especialmente numa entrevista tão bem elaborada como esta.
Deixo aqui um grande abraço para os leitores, vocês são tudo para a gente, de verdade. Convido a todos para acessarem nosso site, www.darkasylum.com.br, saberem mais sobre a banda, enviarem suas críticas e sugestões. Assim que a demo estiver pronta será disponibilizada no site, nós queremos que as pessoas ouçam a nossa música, não ganhar dinheiro com ela. E há a opção dos visitantes se internarem no site, para ouvirem metal conosco, dentro do hospício. É isso aí, indo fundo na loucura!!.




Contatos:
site: www.darkasylum.com.br
e-mail: darkasylum@darkasylum.com.br

Voltar