Matérias: Fashion

Oficinar a cabeça massificado pelas regras
O esporte da televisão que diz que é ser legal
Ser diferente usando pedaços de algodão
O corpo nu feito de zípers e botões
A moda dita que você deve costurar uma incisão
Na sua boca com batom vermelho
Vá correndo e costure seus olhos também.
Você é um corpo e te consideram ousada
Etiqueta da saúde, etiqueta que faz teu medo sumir
Com a moda não há vida a perder
Está pensando tanto em consumir
Morte vem chegando vestindo Armani
Passando a faca no pulso depois do 38
Ossos à mostra fazem o mundo real
Nomes que soam bem
Vestidos que repuxam as veias
Você não tem medos
Você não tem infelicidade
Você não tem sentimentos
Você apenas possui pedaços
É um pedaço de pano costurado
Incrementado com celulares e carros
Você é perfeito e não há nada
Nada que irá te fazer perder esse momento
Até o próximo verão chegar!
Não há nada a perder...
Pra que pensar com cartões no bolso?
Todo mundo tem um preço
E o seu é ser etiquetado
Quem liga? Quem liga?
Quem tem tempo pra se importar?
Vou até a próxima loja comprar.


Por: Patrícia


Voltar