Esclarecimentos sobre o Gritando HC e a morte de Donald

Uma coisa é fato: a maioria dos punks odeia Gritando HC, os chamam de traídores e também os chamam de "a atração da criançada no Hangar110". Se você que está lendo este texto está por fora do que estou falando, vou explicar...
Bom o Gritando HC se formou em 1995 e começou se apresentar em 1996. Marcelo Donald que era vocalista da banda (não é mais, porque morreu, mais abaixo falarei disso) fazia parte da "Irmandade Punk" (uma gang da Úpoca) que tinha uns punks de São Paulo (Aleks Naval do Calibre 12 fazia parte também) em 1990 mais ou menos, o mesmo Donald namorava a Lê (futura vocalista da banda) por essas épocas. Em 1995 formou-se a banda: Elaine no vocal, Amauri guitarra, Eduardo batera e Rico no baixo, depois passou para a nova formação com a namorada de Donald: Renato, Richie, Lê, Fábio e o próprio Donald. O Gritando HC sempre teve suas músicas de protesto, mas depois de um certo tempo começaram à escrever músicas de certa forma punk, mais sem contesto algum (caso de velho punk) e tem também a "terra da garoa" que fala dos rolês na época, até aí beleza.
Mas porque eles queimaram a cena punk?
Na minha opinião eles não queimaram a cena punk e nem arrisco os chamar de traídores, porque quem sou pra falar da banda se nessa época eu era criança ainda. Mas o que aconteceu foi o seguinte, o Gritando HC começou a fazer músicas de amor (como Juras de amor) e também seu público acabou se voltando mais para os skatistas, e skatista é esporte da molecada com isso a molecada começou lotar o Hangar110, que na época era voltado pro punk e não pros emos que nem é hoje. Esse são os primeiros motivos do ódio, que na minha opinião é idiotice. Terceiro motivo foi que o Donald acabou tretando com uns punks e esse punks com certeza conseguiram queimar o filme dele... bom quem tá certo nisso tudo eu não posso dizer, porque eu não tava lá no meio da discussão. Quarto motivo, os punks chamam o Donald de capitalista por ele ter a loja de materias para a prática do skate, a loja se chama "Possessed" que se encontra na Galeria do Rock em São Paulo e os punks o acusam de além dele ter uma loja ele vende os produtos ao preço altíssmo e abusivo, eu não vejo nada de mais dele ter uma loja até porque o Fábio vocalista do Olho Seco também tem uma loja na mesma Galeria do Rock, a Decontrol, e até então o Olho Seco é uma das principais bandas da cena punk brasileira.
A morte de Donald
Marcelo Donald morreu no dia 21 de Setembro de 2001, ele era vocalista da banda Gritando HC e da dono da loja Possessed como já citei. Sua namorada a mais de 10 anos, Lê, diz que ela nem os amigos dela devem se abater, espelhando-se no exemplo que ele deixou. "Ele viveu 60 anos em 30" diz. Donald se sentiu fraco depois do show de 9 de Junho em São Paulo, uma suspeita de hepatite o obrigou a ficar em casa, em repouso absoluto, situação díficil de se imaginar para ele. Seu figado não estava trabalhando bem, e ele tinha que tratar de cirrose hepática. Após duas semanas de exames no hospital onde foi internado em UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), um exame de biopsia poderia determinar o tratamento e foi justamente nesse exame que teve seu pulmão perfurado e a parada cardíaca, na sexta-feira à noite, depois de demonstrar algumas melhoras no dia anterior. Bom que Deus o tenha e que ele descanse em paz!


Voltar